quinta-feira, 9 de março de 2017

Passeio a Monção - 26 Fevereiro/2017





Mais uma ida ao Minho, e mais um excelente passeio a Monção, na linha dos anteriores. Voltamos a contar na sua preparação e organização, com a preciosa e indispensável colaboração do amigo Miguel, sempre incansável para que tudo corresse da melhor forma. 
Apesar de alguma apreensão causada pelo anunciado regresso da chuva, o S. Pedro deu uma "ajudinha" e a dita cuja, pouco ou nada incomodou. Deu contudo para testar a qualidade dos impermeáveis/corta-vento recentemente adquiridos pelo Clube, que se portaram á altura e deram um jeitão. 
Excelente trajecto escolhido pelo Miguel e pelo amigo Júlio que ficamos a conhecer, e a quem agradecemos a atenção e a paciência que teve connosco. No final e após um bom banho, seguiu-se o "castigo" habitual. No restaurante do costume (Luzio) a ementa do costume: Cabrito á Monção e Cozido á Portuguesa, que para não variar, estava divinal. Quanto ao vinho, nem os maiores elogios conseguem fazer justiça ao verde tinto "Quinta das Pereirinhas" só mesmo bebendo..... 
E agora, pensam vocês, vem a parte do regresso a casa blá blá blá. Errado. Para terminar o dia, estava reservada uma visita surpresa á "Casa do Real" propriedade dos amigos que nos tinham acompanhado nas pedaladas e no restaurante. 
Situada a escassos minutos de Monção, na freguesia de Pias, esta casa de turismo e lazer reúne todos os requisitos para uma boa estadia, onde podemos desfrutar do ambiente rural em que está inserida, e ter também á mão todas (mas todas mesmo) as comodidades de que ninguém gosta de abdicar.
Bem ao nível da qualidade da "Casa do Real", esteve a qualidade dos vários vinhos que fomos "obrigados" a provar, e a informação que recolhemos acerca do processo que permite a sua chegada a nossa mesa. 
Enfim, dizer que foi um Domingo em cheio não chega. A noite já tinha caído, quando nos deixaram regressar. Os nossos sinceros agradecimentos ao "pessoal" da "Casa do Real " pela extraordinária simpatia com que nos receberam, com a promessa de voltar um dia destes, mas deixar a byke na garagem. Quanto ao Miguel, aquele abraço!!!!  


1 comentário:

Vitor Sá disse...

Que pena não poder ter ido, mas não faltaram oportunidades. Fico feliz por terem aproveitado bem esse dia.